Estrutura

O NEOFRUG está organizado em torno de cinco conjuntos principais de informações:

  1. Taxonômico. Nomes científicos das espécies de animais e plantas, acompanhados do nome da respectiva família, divisão (plantas) e classe (animais). Sempre que possível, os nomes vernaculares ou populares das espécies também são fornecidos.
  2. Morfológico. Tipos, coloração, massas e medidas de frutos e sementes. Para os frugívoros a massa é fornecida, quando disponível, como uma estimativa de seu tamanho.
  3. Geográfico. Localidade, município, estado ou província, país (coordenadas e altitude quando disponíveis).
  4. Temporal. Sempre que possível o período em que a interação foi efetivamente registrada constará de mês e ano. No caso de informação bibliográfica, a data fornecida não corresponde necessariamente à data de publicação.
  5. Ambiental. Categoria geral do habitat onde a interação foi registrada.
O símbolo que aparece ao lado do nome científico permite que o usuário faça busca dessa espécie em outros bancos de dados.

Devido à necessidade do uso de termos especializados na caracterização de uma interação, o NEOFRUG possui um glossário que se destina a explicar sucintamente o significado de termos que não são do domínio do usuário. Estes termos aparecem no banco sempre destacados por grifo.


© LIVEP - Unicamp - wesley@unicamp.br